Leia Mais

6 Tipos de sistemas com energia solar

Você sabia que energia solar, não é composta apenas por painéis fotovoltaicos?

 O sol pode gerar energia de muitas formas diferentes e os sistemas utilizados podem variar de acordo com a modalidade regulatória ou com o porte do sistema em que são enquadrados.

Neste artigo vamos explicar 6 tipos de sistemas de geração de energia diferentes com o uso de energia solar. São eles:

  1. Aquecimento Solar
  2. Usina Heliotérmica
  3. Geração Distribuída
  4. Sistema Off Grid
  5. Sistema Híbrido e
  6. Usina Solar Fotovoltaica.

Nem todos existem no Brasil ainda, mas surgem como opções viáveis, em alguns países. Confira abaixo cada um dos sistemas e suas características.

1 – Aquecimento térmico solar (ou aquecimento de água)

O aquecimento térmico é o sistema solar mais antigo que temos no Brasil. Este sistema começou a aparecer entre as décadas de 70 e 80.

O sistema de aquecimento solar é composto de duas partes:

  • Os coletores solares, que podem ser placas ou tubos a vácuo;
  • O reservatório térmico, chamado de Boiler.

 

Tipos de Coletores para aquecimento solar

Demonstração de tipos de coletores utilizados no sistema de aquecimento solar. À esquerda estão os tubos coletores e à direita placa coletora.

O calor é absorvido através das placas ou tubos coletores. O calor captado aquece a água que circula nos coletores.

Após aquecida a água vai para o Boiler, onde será armazenada a água quente e disponibilizada para o uso através de tubulações.

Isso faz do aquecimento solar uma prática bastante econômica e ecológica.

 2 – Usina heliotérmica

A usina heliotérmica ou energia solar concentrada consiste em um sistema de aquecimento de algum fluido (sais ou água) com o uso de raios solares, e posterior geração de energia elétrica.

Usina heliotérmica

Usina heliotérmicaO funcionamento deste sistema consiste na captação do sol por refletores ou espelhos, que lançam a luz em um ponto onde se encontra o receptor.

Através dessa grande quantidade de calor o fluido é aquecido, o vapor gerado por esse aquecimento move uma turbina que movimenta um gerador e então a energia elétrica é gerada.

Existem vários tipos de usinas heliotérmicas:

  • Fresnel;
  • Placas Planas;
  • Calhas Parabólicas;
  • Disco Parabólico e 
  • Torre Solar.

Diferente de outras aplicações, a usina heliotérmica pode estocar a energia solar como calor, guardando o excedente de energia em um reservatório térmico à parte.

Esse tipo de sistema seria o cenário ideal para aplicação e desenvolvimento de regiões áridas, principalmente no Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Porém, quando comparada a outros sistemas, esta se torna inviável.

 3 – Compensação na Rede (Geração Distribuída on grid)

Em 2012, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica)  estabeleceu com a resolução 482, a micro e minigeração de energia renovável.

Para criar um mercado de geração própria de energia no Brasil, surgiu a geração distribuída, ou sistema de compensação de energia.

Este sistema se caracteriza pela instalação de geradores de pequeno porte, para descontar a energia gerada como crédito nas faturas cadastradas.

Essas fontes geralmente se localizam próximas aos centros de consumo de energia elétrica, evitando perdas na distribuição.

Podem ser:

  • Microgeração (até 75 kW) ou
  • Minigeração (>75 até 5000 kW).

Elas são conectadas na rede elétrica da concessionária de energia. Quando é produzido energia excedente, ela é enviada para rede, e redirecionada para unidades consumidoras que necessitam.

Geração Distribuída On Grid

Geração Distribuída On Grid

E o mais legal é que neste sistema você pode gerar energia de várias formas:

  • No próprio local;
  • Em um local para compensar em outro da mesma titularidade;
  • Se unir com pessoas e montar uma cooperativa ou consórcio;
  • Se reunir com seu condomínio.

 4 – Sistema Off grid

Os sistemas fotovoltaicos off grid estão se tornado populares ao redor do mundo pela sua simplicidade em captar e converter a luz solar em eletricidade. O sistema pode ser utilizado em  para o setor industrial, comercial e também para residências.

O off grid é um tipo de um sistema que não está conectado à rede elétrica da concessionária, sendo autossuficiente através do uso de baterias. Ele é composto de três blocos:

  •  Gerador (módulos, cabos, suporte),
  • Condicionador de potência (inversores e controladores) e
  • Armazenamento (baterias).

Seu funcionamento é bastante similar ao sistema on grid, porém o excedente de energia produzido não é enviado para rede elétrica, mas sim para armazenamento no próprio sistema.

Antes de realizar a instalação deve planejar o uso, clima do local e avaliar questões técnicas, pois a qualidade da energia pode deixar a desejar.

 5 – Sistema híbrido

Esse tipo ainda não é regulamentado no Brasil, mas a ideia do sistema solar híbrido é que  seja possível o uso de energia solar ao mesmo tempo em que ocorra o uso de outra fonte, como o off grid.

O sistema híbrido pode gerar independência energética do usuário, quando um não está funcionando o outro pode estar, mas ainda é interessante ter a segurança da concessionária.

Provavelmente o sistema híbrido será composto por 2 tipos de sistemas solares fotovoltaicos: conectado a rede e off grid.

Sistemas-Híbridos

Sistema Híbrido

Assim será possível o armazenamento de energia quando não se tenha consumo e essa energia poderá ser injetada na rede no horário de ponta (onde o valor da tarifa é maior).

 6 – Usina fotovoltaica – Geração Centralizada

Imagine milhares de hectares, preenchidos por módulos fotovoltaicos. Isso é uma usina solar

Usina solar

Usina solar

Diferente do sistema instalado em residências e indústrias, esse fornece energia em alta-tensão para comercialização, não focando em autoconsumo.

Assim, a energia solar fotovoltaica convertida seria vendida para consumidores ou distribuidoras, através do mercado livre ou leilões de energia.

Além disso, os módulos podem ser construídos de forma fixa no solo ou funcionar acompanhando o movimento do sol.

Usina solar é uma alternativa para o sistema de produção elétrica padrão centralizada, porém ainda existem usinas de até 5 MW, que compensam energia na geração distribuída, através de cooperativas ou consórcios.

 Você sabia sobre a existência e a diferença destes sistemas?

 

 

Texto adaptado de  https://energes.com.br/fale-energes/6-tipos-de-sistemas-solares

Precisa de ajuda?